TEKA ETERNAMENTE

181136_482847275060214_467759721_n

Depois de quase quinze dias após a sua passagem, consigo escrever alguma coisa.
Teka foi-se dia 29 de janeiro de 2012..
Não está sendo fácil.

Certa vez escrevi uma crônica citando Olavo Bilac :” NINGUÉM AMOU MAIS O BOTAFOGO QUE BILAC” e, no final citei Tekinha: ” _ é a Olavo Bilac de saias”. Enviei para Teka, que amou!!

Não! Não! não estou a derrespeitar os demais torcedores do clube pois, o que escrevo aqui, escrevi bastante no facebook e sempre declarei meu imenso amor á Teka Felisberto.

Teka não era uma torcedora de futebol. Era uma torcedora da instituição, BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS!!

Era fácil comprar briga com ela… Era só falar mal do BOTAFOGO!!!

Tinha jogo de Pólo aquático no Mourisco? Tekinha estava lá e dizia PRESENTE!
Assim era no Futsal, no Fut7, basquete, volei…Aonde tinha jogo do BOTAFOGO e em que esporte for, ela amava estar.

Admirada por todos “ou quase todos”, Teka jamais foi unanimidade (e porque, seria?) porque, mesmo nos momentos ruins da instituição ou do time, Teka jamais abandonou o BOTAFOGO FR e BRIGAVA como uma Leoa para defender o seu amado Glorioso Botafogo.

TEKA FELISBERTO AMOR- Festa Julina - 2012 (8)

Conversava com Teka regularmente.
Era uma queridona, um BEBEZÃO lndão!!

Eu “metido” a ser politicamente correto, levei um belo soco na minha mesmice no dia em que estavamos num “debate” feroz, durante o campeonato brasileiro de 2012. Numa dessas derrotas em que o time jogou bem. Mas foi vencido.

E eu dizendo:_ Tekinha amada, NINGUÉM é mais BOTAFOGUENSE do que ninguém.

E ela, respirando pausadamente, rindo, com aquela voz meiga e doce, apenas disse:

_ Eu sou Johnny!!! Ah! Eu sou mais BOTAFOGUENSE do que os outros, Johnny!! Eu sou Johnny!!!

(silêncio..)

Eu não conseguia responder.

O nosso “embate” terminara ali! porque todo o meu Botafoguismo de toda uma vida, foi-se por água abaixo, numa complexidade aflita diante das palavras dela..

(Silêncio….)

As lágrimas rolaram…

Teka “notou” minhas lágrimas e continuou:

_ Eu amo o BOTAFOGO, Johnny!! Eu não sou torcedora de futebol!! Eu torço para o BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS, Johhnny!!

Sim, Teka. Por isso a amava tanto, porque eramos “literalmente” iguais quando o assunto era a nossa paixão pelo Glorioso Botafogo..
A instituição BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS.

08 Dezembro 2012 - Feijão no Fogão, Rj (7)
Denise de Azevedo (sua melhor amiga), o presidente que ela tanto amava, ela e Nádia Processi no Feijão no Fogão, Rj – 08 Dezembro 2012.

Teka fazia umas paradinhas!! Só ela mesma.
Sou sócio-proprietario do Botafogo FR desde 1995, mas devido à alguns problemas internos no clube na gestão de um certo presidente (esse espaço em que escrevo não é para falar mal de ninguém), resolvi não ser mais sócio. E, segui minha vida de torcedor.
Um dia, Tekinha me sugeriu que eu retornasse. Eu disse que não.
Dizia que tudo havia mudado. Para melhor!
Continuei negando o seu pedido.
Mas Tekinha era FOGO!!!
Correu atrás, levantou fichas, foi ao CAS e finalmente me convenceu.
E voltei ao clube pelas mãos da Tekinha.
E, não é que Tekinha estava certa?
Ela sempre tinha aquela ar de convencer com aquele sorrisão LINDÃO!!
Ah! Teka…

523163_352496034825920_1402718951_n
O sorrisão LINDÃO da Tekinha -credito: Denise de Avevedo.

Muitas homenagens foram feitas à memória da nossa querida e amada Tekinha. Desde o clube aos torcedores, mas vale a pena ressaltar a belíssima homenagem que a Torcida Fogoró vem fazendo à Tekinha.
Uma faixa ‘TEKA ETERNAMENTE” foi estendida pela Fogoró no jogo do Glorioso Botafogo contra o Resende, pela 6ª Rodada da Taça Guanabara 2013, em nosso estádio, dia 07 de Fevereiro de 2013 quinta-feira.
O Glorioso Botafogo venceu o adversario por 4×2.

534961_4504325088101_1709337788_n
Faixa TEKA ETERNAMENTE – crédito: Denise de Azevedo
TEKA 8 de fevereiro - Luciene Miletto
Faixa TEKA ETERNAMENTE – 07 de Fevereiro de 2013, STadium Rio, Engenhão, Rio de Janeiro – crédito: Luciene Miletto.

TEKA LOVE IS REAL (1)

O Video abaixo, fiz para a Tekinha amada em 30 de Janeiro de 2012. Na época, Tekinha fazia parte da Torcida Botachopp.

HIPER! MEGA! GIGA Roqueira, Tekinha adorava a banda Slade.
Fiz esse video com a música ” Cum on feel the noize”..
Teka adorou!!!

Abaixo, uma carta aberta do Dr Humerto Cottas, Oncologista e grande admirador de Tekinha:

Há cerca de dois verões atrás, em pleno domingo de sol de Copacabana, estava eu fazendo uma caminhada pela areia, à beira-mar. Tinha resolvido caminhar muito e para aliviar tensões, pretendia fazer o percurso Leme-Posto 6 em ida e volta. Na ida, avistei uma loura de rosto bem conhecido para mim. Uma mulher de meia-idade, baixa estatura, graciosa e com ar jovial. Ela andava rápido, olhando para o horizonte, com fones de um ipod no ouvido, compenetrada, porém aparentando grande prazer na caminhada. Quando passei bem perto, logo reconheci… Era a Teka Felisberto! Fiquei olhando para dar um aceno, mas ela nem me viu. Passou batida e eu devo ter ficado com aquele ar de quem está querendo abordar uma mulher na rua e ela não dá a mínima.

Já no trajeto de volta ao Leme, vejo novamente a Teka caminhando em sentido oposto. Naquele momento, ela me vê, reconhece e abre aquele lindo sorriso que a gente sabe. Um sorriso largo, que faz os olhos quase fecharem. Ela vai parando, tira os fones do ouvido e fala comigo. Dois beijinhos no rosto e obviamente surge nosso assunto em comum. – E aí, e o nosso Botafogo ? Indago eu (pelo que me lembro, vínhamos de um resultado desfavorável no carioca, em algum jogo fora contra um Macaé ou Boavista da vida).

– Ah, sei lá… Cheguei de viagem, vindo do jogo e hoje acho que nem vou ao clube. Tô andando aqui na praia pra relaxar geral depois de esquentar tanto a cabeça com o Botafogo. Mas de repente vou até lá mais tarde… Assim ela foi encerrando o assunto, para continuar a andar na orla de Copa.

– Tá legal, Teka. A gente se vê no clube ou então no próximo jogo, quem sabe?

Tomei o meu rumo, pensando no quanto aquela mulher vivia e respirava Botafogo, a ponto de acompanhar o time nas viagens e viver o dia-a-dia de General Severiano, como sócia e torcedora apaixonada. Pena que são poucos assim, mas ainda bem que eles existem. Enquanto existirem, o nosso Botafogo não acaba de jeito nenhum (acho que algo assim pensei naquele momento).

Dali em diante, revi a Teka em diversos momentos, no clube, em jogos no Engenhão ou eventos comemorativos. Não cheguei a conversar muito com ela após isso e por falta de oportunidade nunca estreitamos um maior relacionamento de amizade. No entanto, isso nunca impediu que eu percebesse claramente a sua desmedida paixão por tudo o que estivesse relacionado ao nosso clube da Estrela Solitária. Nos diversos momentos em que a vi, estava sempre do mesmo jeito, radiante, sorrindo e feliz por viver tudo o que fosse possível junto ao Botafogo. Defendia o clube com unhas e dentes, como uma leoa defendendo a cria. Cansei de vê-la em ação como torcedora incansável e várias pessoas me confirmaram as suas atitudes em brigar pelo Botafogo de forma incondicional. Mas tudo isso sem perder a simpatia, o sorriso inconfundível e o carinho pelos outros.

No Botafogo há dois tipos peculiares de torcedores, diferenças ainda mais marcantes nos dias de hoje. Temos aquele descrito há várias décadas pelo Nelson Rodrigues, que faz o tipo praguejante, ranzinza e que vê defeito em tudo. Atualmente este perfil de botafoguense é o que vaia alguns jogadores, técnicos e diretores, seja no estádio ou nas redes sociais de hoje em dia. O outro tipo é aquele de alto astral, que só pensa em levantar o time, torcendo, gritando e aplaudindo qualquer um que envergue a nossa camisa alvinegra (conheço muitos assim e que nem por isso deixam de reconhecer falhas, defeitos e ruindades de certos jogadores, mas que são incapazes de vaiar com a bola em jogo). Eu tenho amigos botafoguenses que são de ambos os tipos. A Teka certamente sempre foi representante deste segundo perfil. E mais do que isso, era daquelas que não só apoiavam o tempo todo, mas também, de forma destemida, se esforçava em evitar que outros vaiassem. Pelo menos assim alguns me confirmaram este seu traço de torcedora e se os mais chegados a ela acharem que estiver errado, me corrijam.

Teka Felisberto nos deixou anteontem, em 28/01/2013, após uma luta árdua por cerca de dois meses em um hospital da zona sul do Rio de Janeiro. Fui chamado para vê-la logo no início deste ano, com objetivo de oferecer alguma ajuda como profissional de saúde. Nossa amiga botafoguense estava em uma situação delicada, mas ainda relativamente bem, o que permitiu algumas conversas apesar de sua voz bem fraquinha. Contou-me orgulhosa que era sócia do Botafogo desde 1975, quando ainda estava na adolescência. Sua doença não era curável, mas acreditávamos que iria vencer as dificuldades, sair do hospital e ainda viver bem por vários anos. Acreditei muito nisso e assim falei a ela, lembrando que em breve veríamos muitos jogos juntos no Engenhão. Pelo menos isso fez com que me presenteasse com aquele sorriso lindo que vi na praia há dois anos atrás e que ficará guardado eternamente com todos nós que a conhecemos de perto. Infelizmente a situação agravou-se. Ela lutou o quanto pôde, venceu algumas batalhas difíceis, mas não foi possível vencermos a partida final. E isso até o momento me abala profundamente, mas o consolo na alma foi dado pelo número imenso de amigos botafoguenses vestidos de preto e branco ontem, durante o seu velório. Eu estava em um dia difícil de trabalho, mas interrompi tudo rapidamente para dar um último conforto à família, mais especialmente a seu pai, o Sr. Felisberto, uma figura fora de série, pai dedicado e que tanto a amava.

Quando parei o carro e vi aquele grande número de torcedores e amigos da Teka em frente ao São João Batista, a maioria com camisa do Botafogo, percebi a enorme importância que ela tinha e a figura maravilhosa que sempre foi ao longo da vida. Apesar da dor pela perda, isso me causou um certo alívio, ao vê-la tão bem homenageada e ao ver nossa identidade de torcedor tão bem representada e incólume. Nessas horas percebo tal identidade de forma tão genuína que a relaciono à pureza e ao heroísmo de Flavio Ramos, Emmanuel Sodré e dos demais garotos que fundaram nosso clube. Eles não poderiam imaginar que mais de um século depois, o Botafogo que eles inventaram iria se transformar em uma entidade tão gigantesca, capaz de gerar paixões, amizades e emoções arrebatadoras.

Teka, obrigado por deixar uma semente tão importante como torcedora botafoguense e amiga de todos. O nosso conforto maior é saber que essa semente vai germinar, espalhar, manter o eterno Fogo em nosso peito e que nosso amor ninguém jamais irá calar! Você hoje é mais uma Estrela a brilhar bem alto, com o brilho radiante de seu sorriso e do qual nunca iremos esquecer…

Humberto Cottas
(um torcedor botafoguense)

credito: Malu Cabral

http://blogdamallucabral.blogspot.com.br/2013_01_01_archive.html

TEKA LOVE IS REAL (1)

Abaixo, o video que produzimos em homenagem à Tekinha Amada

THE BEATLES – In My Life
(Lennon-McCartney)

(Tradução)

Em Minha Vida
Há lugares dos quais vou me lembrar
por toda a minha vida, embora alguns tenham mudado
Alguns para sempre, e não para melhor
Alguns já nem existem, outros permanecem

Todos esses lugares tiveram seus momentos
Com amores e amigos, dos quais ainda posso me lembrar
Alguns já se foram, outros ainda vivem
Em minha vida, amei todos eles

Mas de todos esses amigos e amores
Não há ninguém que se compare a você
E essas memórias perdem o sentido
Quando eu penso em amor como uma coisa nova

Embora eu saiba que eu nunca vou perder o afeto
por pessoas e coisas que vieram antes,
Eu sei que com freqüência eu vou parar e pensar nelas
Em minha vida, eu amo mais a você

Embora eu saiba que eu nunca vou perder o afeto
por pessoas e coisas que vieram antes,
Eu sei que com freqüência eu vou parar e pensar nelas
Em minha vida, eu amo mais a você
Em minha vida… eu amo mais a você

TEKA LOVE IS REAL (1)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s