FERNANDA NUNES NA 2014 ROYAL CANADIAN HENLEY REGATTA

Fernanda Nunes na 2014 Royal Canadian Henley Regatta

Hoje foi o último dia de competição.
A boa notícia é que fiz os 470m mais rápidos da minha vida . A má notícia é que prendi o remo de bombordo numa bóia e não classifiquei para final. Saí a 49, vim loucamente a 44 em segundo lugar quase um barco à frente da terceira – o que me classificaria para a final- e terminei a 42 pegando uma das bóias laterais da raia. Foi completamente inacreditável. Meu barco simplesmente parou e a remadora de Cambridge, que estava há uns 2 segundos de mim e com um barco 10 anos mais novo que o meu, passou. Terminei remando devagar e fechei em 1:56 catatônica. Seguindo o que vinha fazendo eu teria feito o quarto melhor tempo das baterias. Troquei o barco da semifinal de quinta e remei um pouco mais para tentar me acostumar para os 500m. John Nash – o velhinho – estava lá e disse que remei bem melhor. Quando encostei o barco foi aquela decepção, pois quem me viu largar não acreditou que estava fora…
Conheci o Ricardo, esse cara que estava todo de Botafogo e com as bandeiras do Fogão e do Brasil, que remou no Flamengo e mora aqui há 15 anos. Ricardo disse que estava há alguns dias catando essa ilustre remadora do Botafogo (kkkkkk) e me deu a maior atenção.
Fiquei chateada por não ter chegado às finais, mas extremamente feliz pelo meu aprendizado aqui. Mesmo que não tenha ganho medalhas – e qualquer atleta quer ganhar – esses dias aqui fazendo o que amo valeram ouro.
Só tenho a agradecer as pessoas que me apoiaram: Marcelo Murad , o melhor presidente de remo da Lagoa, parece uma trovoada mas tem bom coração rs
Alcides Risco Batista, meu técnico super duro sem perder a ternura, maravilhoso, sempre me incentivando, me mandando calar a boca e remar ou simplesmente distraindo Bento para eu fazer o peso,
Mariza Ibeas e Ugo, meus padrinhos no remo,
Meu pai e minha mãe Sandra Nunes, que estão cuidando do meu filho, pois sabem a importância do remo para mim, Mariana Belem minha nutricionista querida,
Daniel Pose e sua acupuntura mágica,
François, meu osteopata,
Fernanda Vasconcelos, minha massagista
Ao diretor de remo Daniel Cohen,
Irineu Ferreira meu eterno amigo
e a todos os meus colegas de clube e de lagoa.
Agradeço especialmente ao meu clube, Remo Bfr, por toda a paciência com o meu retorno e os meus horários malucos de mãe solteira. Outro agradecimento ao meu filho por simplesmente existir na minha vida e um pedido de desculpas pela ausência.

Remo é um esporte de paciência e alguma hora chego lá.

Fernanda Nunes  na 2014 Royal Canadian Henley Regatta
Fernanda Nunes na 2014 Royal Canadian Henley Regatta

Fernanda Nunes  na 2014 Royal Canadian Henley Regatta
Fernanda Nunes na 2014 Royal Canadian Henley Regatta

Fernanda Nunes  na 2014 Royal Canadian Henley Regatta
Fernanda Nunes na 2014 Royal Canadian Henley Regatta

Fernanda Nunes  na 2014 Royal Canadian Henley Regatta
Fernanda Nunes na 2014 Royal Canadian Henley Regatta
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s